Nos acréscimos, Cruzeiro bate o Criciúma fora de casa e se isola na liderança da Série B

O encontro entre catarinenses e mineiros na nona rodada da Série B do Campeonato Brasileiro terminou com a vitória do Cruzeiro sobre o Criciúma, por 1 a 0, na noite desta sexta-feira. A partida parecia que iria terminar empatada, mas Jajá, aos 47 minutos da etapa final, balançou a rede de Gustavo e garantiu a vitória da Raposa em Santa Catarina. O resultado positivo fez o time de Minas Gerais abrir cinco pontos para o Vasco, segundo colocado na tabela.

POLÊMICA

Aos 48 minutos do primeiro tempo, Marcelo Hermes fez a torcida tricolor estremecer as arquibancadas do Heriberto Hülse ao balançar a rede. No entanto, como acontece com todos os gols, o lance foi avaliado pelo VAR, que constatou toque de mão do lateral-esquerdo. Na Central do Apito, a comentarista de arbitragem do Grupo Globo, Janette Arcanjo, concordou com a decisão do VAR ao anular o gol.

PRIMEIRO TEMPO

O primeiro tempo foi de pouquíssimas chances claras. Apenas duas oportunidades de perigo, ambas do Criciúma. A principal delas foi o gol de Marcelo Hermes, anulado pelo VAR, aos 48 minutos. Em geral, o Cruzeiro foi melhor, pois soube ocupar os espaços do campo com mais qualidade e manteve a posse de bola. Mesmo assim, encontrou dificuldades para furar o bloqueio da defesa do Tigre e acertar o último passe. O destaque fica para as polêmicas envolvendo a arbitragem. Além de anular o gol, alegando toque de mão do lateral do Criciúma, o juiz expulsou Léo Costa por falta dura em Jajá.

SEGUNDO TEMPO

A etapa inicial começou com mudanças nas equipes, mas novamente poucas emoções. O Cruzeiro fez pressão máxima, sem deixar o time da casa respirar, mas não conseguia transformar a posse de bola em chances reais, e as oportunidades em gols. O Criciúma, com um a menos, diminuiu as linhas e segurou o empate até os 47, quando Jajá bateu da entrada da área e garantiu a vitória dos visitantes.

Jajá, do Cruzeiro, comemora gol marcado diante do Criciúma

Jajá, do Cruzeiro, comemora gol marcado diante do Criciúma (Foto: Beno Küster Nunes/AGIF)

COMO FICA?

Com o triunfo, o Cruzeiro somou os três pontos, chegou aos 22 e se isolou ainda mais na liderança da Série B. O Criciúma, com 10, caiu para a 13ª colocação.

OLHO NA AGENDA

As equipes terão alguns dias de preparação até o próximo compromisso na Segundona. O Cruzeiro entra em campo na sexta-feira, 3 de junho, às 21h30 (de Brasília), contra o Operário-PR, no Germano Krüger. No sábado, às 16h30 (de Brasília), o Criciúma viaja para encarar o Bahia na Arena Fonte Nova. (GE)