Casa de cacique e de mais duas famílias indígenas são queimadas em aldeia de MT e suspeita é de incêndio criminoso

Indígenas da etnia Suruí tiveram três casas queimadas, na aldeia Pagoa Hagoia, no município de Rondolândia, a 1.600 km de Cuiabá, na divisa com Rondônia. As moradias foram destruídas quando eles estavam em um evento em alusão ao Dia do Índio, na terça-feira (19). Por isso, não havia ninguém no local no momento.

Até a casa do cacique, Matera Suruí, foi queimada.

A suspeita é de que o incêndio tenha sido criminoso, segundo Nilson Mopilapalakar Suruí, que é filho do cacique. Ele disse que vai procurar a polícia para denunciar o caso.

Os indígenas realizaram uma apresentação no município de Ariquemes (RO) e, após o evento, retornaram à aldeia e quando chegaram encontraram parte da comunidade queimada.

Uma casa de palha e duas de madeira foram consumidas pelo fogo. A aldeia abrigava quatro famílias, que totalizam dez pessoas.

A aldeia havia sido construída recentemente e os indígenas estavam adquirindo material para a ampliação das habitações.

Os indígenas só não ficaram desabrigados porque existe outra aldeia, no município de Cacoal (RO), além dessa em Rondolândia (MT).

“As pessoas moram em uma aldeia, mas também moram na outra. Atualmente lá estavam quatro famílias. Foram incendiadas uma casa de palha, duas de madeira, mas uma não chegou a ser destruída. Não deu tempo de atear fogo porque havia várias coisas lá dentro”, disse Nilson.

Entre os objetos destruídos pelo incêndio está um gerador de energia, adquirido recentemente pelos indígenas.

Fora da aldeia

Os indígenas estavam na apresentação do Dia do Índio, em um evento realizado na Câmara de Vereadores de Ariquemes (RO) com o nome “Todo dia era Dia de Índio”. No encontro, eles debateram temas sobre o acesso a ferramentas transformadoras.

Em 19 de abril é celebrado no Brasil o “Dia do Índio”, a data remete a um protesto dos povos indígenas do continente americano, na década de 1940, lideranças participaram de um congresso no México.

Os indígenas estavam na apresentação do Dia do Índio, em um evento realizado na Câmara de Vereadores de Ariquemes (RO) com o nome “Todo dia era Dia de Índio”. No encontro, eles debateram temas sobre o acesso a ferramentas transformadoras.

Em 19 de abril é celebrado no Brasil o “Dia do Índio”, a data remete a um protesto dos povos indígenas do continente americano, na década de 1940, lideranças participaram de um congresso no México.Duas casas foram completamente destruídas na ação — Foto: Reprodução

Duas casas foram completamente destruídas na ação — Foto: Reprodução