Emanuel retorna à Prefeitura de Cuiabá após 37 dias afastado

O desembargador Luiz Ferreira da Silva, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), acatou recurso para revogar o afastamento do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB). Decisão é desta quarta-feira (24). Decisão de Luiz Ferreira foi estabelecida após o ministro Humberto Martins, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), revogar um segundo afastamento de Emanuel.

Emanuel foi afastado no âmbito da Operação Capistrum, que investiga contratação irregular de servidores temporários e pagamento ilegal de prêmio saúde. As supostas irregularidades eram cometidas para angariar apoio político irrestrito ao prefeito por parte dos vereadores da Câmara Municipal de Cuiabá.

 

Tais fatos foram trazidos ao conhecimento do Ministério Público Estadual pelo então Secretário Municipal de Saúde de Cuiabá, Huark Douglas Correia. Houve a assinatura de Acordo de Não Persecução Cível.